GOIÂNIA

Servidor do INSS é alvo de operação da Polícia Federal em SP

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin


Um servidor do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que não teve a identidade revelada, foi alvo da Operação Taboão, da Polícia Federal, na capital paulista e também em Taboão da Serra (SP), nesta terça-feira (1). Segundo a PF, o homem se valia do cargo público para obter vantagens indevidas.

Na ação foram cumpridos três mandados de busca e apreensão, sendo dois nas residências do investigado e um em uma agência da Previdência Social. Participaram das buscas 15 policiais federais. 

“O caso teve origem em denúncia contra o servidor do INSS que, diante do conhecimento de casos potenciais em razão dos acessos privilegiados aos sistemas, entrava em contato com o intermediário que agenciava para o segurado/beneficiário o requerimento do benefício para que o próprio servidor o concedesse. Após a análise favorável e reconhecimento do direito, ambos dividiam os valores cobrados a título de honorários”, explicou a PF.

As investigações contaram com a cooperação do Núcleo de Inteligência da Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária e Trabalhista (CGINT) do Ministério do Trabalho e Previdência (MTP) e do INSS. Os crimes investigados são os de corrupção passiva (art. 317 do Código Penal) e violação de sigilo funcional (art. 325 do Código Penal), respectivamente, com penas de dois a 12 anos de reclusão e seis meses a dois anos de detenção.

LEIA TAMBÉM  Férias: como evitar acidentes com as crianças no período de lazer

Edição: Fernando Fraga

Fonte: EBC Geral

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS