GOIÂNIA

Cidades goianas vizinhas ao DF melhoram seus indicadores de desenvolvimento

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Foto: Gabriel de Aquino

 

Indicadores na economia, educação e serviços demonstram que o estigma de cidades-dormitórios começa a ficar para trás. Valparaíso segue crescendo e atrai investidores do ramo imobiliário

Com destaque em vários setores como economia, educação, saúde e segurança, a região vizinha ao Distrito Federal (DF) é uma das que mais cresce em Goiás, sendo uma das mais populosas do Estado. As cidades, cuja ocupação iniciou para abrigar trabalhadores de Brasília que buscavam moradias mais acessíveis, começam a sair do estigma de cidades-dormitórios e passam a buscar o desenvolvimento socioeconômico.

As cidades goianas que ficam na divisa com a capital federal estão entre as mais bem posicionadas no ranking do Índice de Desempenho dos Municípios Goianos 2020/2021 (IDM), divulgado em outubro do ano passado, pelo Instituto Mauro Borges (IMB), do governo estadual. Os destaques são Valparaíso de Goiás, Luziânia, Planaltina, Formosa, Águas Lindas de Goiás e Novo Gama, de um total de 19 municípios da região do Entorno do Distrito Federal considerados no estudo. Os indicadores implicam em variáveis que vão do abastecimento de água à variação de empregos formais.

De acordo com a gerente e pesquisadora em Estatística do IMB, Evelyn de Castro Cruvinel, o levantamento ajuda prefeituras e o Estado no planejamento público de demandas públicas. “A proposta é avaliar os resultados e contribuir com o planejamento das ações dos governos ao longo do tempo”, destacou.

Melhorias

No setor de serviços, o município de Valparaíso de Goiás registrou bom desempenho ficando em 1º lugar. Luziânia assumiu o 2º lugar e Formosa, o 3º. No quesito Economia, Cristalina se destaca, seguida por Luziânia, Formosa e Valparaíso de Goiás. Esse setor gera influência direta em todas as outras dimensões porque, segundo o estudo, o desempenho econômico está relacionado à geração de trabalho, à qualidade da educação, às condições de infraestrutura, segurança e saúde nos municípios.

Na variação Indústria, no último estudo divulgado, os destaques ficam por conta de Luziânia (1º), Valparaíso (2º) e Formosa (3º). Distante cerca de uma hora de Brasília, Planaltina chama atenção nas dimensões: Educação (2º lugar), Infraestrutura (4º lugar) e está entre os 10 municípios do Entorno do DF na evolução do Produto Interno Bruto –  PIB (9º lugar). Já Novo Gama ganhou o 1º lugar na variação de empregos formais e 4º lugar nas dimensões Segurança e Trabalho.

LEIA TAMBÉM  Embaixador Sergey Lukashevich comemora o “Dia da vitória”em almoço com jornalistas

Publicado bianualmente, o estudo do IMB identificou que as cidades vizinhas ao DF melhoraram seus desempenhos em 2020, na comparação com os dados de 2018. Valparaíso de Goiás, Águas Lindas de Goiás e Planaltina apresentaram crescimento nas áreas de economia, educação, saúde e segurança. Já Formosa apresentou melhorias nas áreas de economia, educação, segurança, infraestrutura e trabalho. Das seis áreas identificadas pelo IDM, Luziânia, Novo Gama e Santo Antônio do Descoberto obtiveram melhorias em cinco delas em comparação com as duas pesquisas.

Para o engenheiro e especialista em desenvolvimento imobiliário, Cleberson Marques, que atua em projetos na região do Distrito Federal, as cidades do entorno cresceram muito rápido, inicialmente de forma desordenada, e agora seus habitantes querem muito mais do que um lugar para lhes abrigar quando retornam do trabalho. “Algumas cidades já começam a ganhar vida própria. Existe ali uma população que consome, gera renda, um amadurecimento das pessoas, que querem também opções de compra, serviços, saúde, educação, segurança e bem-estar”, considera.

“Tanto é que já está atraindo grandes grupos, como Assaí Atacadista, Havan e shopping centers, que entenderam que existe uma demanda por uma estrutura melhor”, pontuou, citando a cidade de Valparaíso.

Busca pelo bem-estar

Com uma população estimada em 175 mil pessoas, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Valparaíso de Goiás também se destacou na competitividade. No Ranking de Competitividade dos Municípios, que analisa os mais de 5 mil municípios brasileiros, divulgado em 2021, a cidade subiu 37 posições em relação a 2020 e figura na 237ª posição geral.

LEIA TAMBÉM  Embaixador Sergey Lukashevich comemora o “Dia da vitória”em almoço com jornalistas

De acordo com Cleberson Marques, moradores de Valparaíso não querem viver na dependência de Brasília para o seu dia a dia, embora a capital federal esteja a apenas 30 quilômetros de distância. “Além de serviços, há um anseio por se viver bem, com qualidade de vida. Nesse sentido, há uma demanda por espaços planejados, casas melhores, itens que também reforçam a autoestima do indivíduo e favorecem o sentimento de pertencimento, tão importante para o desenvolvimento de uma cidade”, afirma ele, que no momento está participando de um projeto de bairro planejado para o município.

O empreendimento será lançado em breve, mas já ganha forma na área sul da cidade em área de 2,350 milhões de metros quadrados. O local vai abrigar condomínios fechados horizontais, loteamentos abertos, unidades verticais, parques ambientais, horto, rede de comércios, serviços, e tem atributos de uma smart city que o definirão como um bairro do futuro. O investimento na obra, que já concluiu as etapas de terraplanagem e pavimentação, supera os R$ 50 milhões.

Municípios goianos na divisa com DF

  1. Valparaíso de Goiás  – distante 36 km de Brasília
  2. Luziânia – distante 60 km de Brasília
  3. Planaltina – distante 55 km de Brasília
  4. Formosa – distante 79 km de Brasília
  5. Águas Lindas de Goiás – distante 38 km de Brasília
  6. Novo Gama – distante 39 km de Brasília
  7. Santo Antônio Descoberto – distante 47 km de Brasília

Municípios do entorno do Distrito Federal, consideradas pelo Instituto Mauro Borges (IMB)

  1. Cristalina
  2. Luziânia
  3. Formosa
  4. Valparaíso de Goiás
  5. Novo Gama
  6. Águas Lindas de Goiás
  7. Padre Bernardo
  8. Alexânia
  9. Água Fria de Goiás
  10. Abadiânia
  11. Planaltina
  12. Santo Antônio do Descoberto
  13. Cocalzinho de Goiás
  14. Mimoso de Goiás
  15. Corumbá de Goiás
  16. Cabeceiras
  17. Vila Boa
  18. Pirenópolis
  19. Cidade Ocidental

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS