GOIÂNIA

Embaixador da Dinamarca Nicolai Prytz promove em sua residência oficial um almoço com Embaixadas nórdicas no Brasil

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

 

O Embaixador da Dinamarca Nicolai Prytz, promoveu em sua residência oficial um almoço com as embaixadas nórdicas no Brasil e a Associação Brasileira de Jornalistas da Área Internacional e Diplomática ( ABRAJINTER) que contou com a presença dos Embaixadores da Finlândia, Noruega e o encarregado de negócios da Suécia.

Em seu discurso, Nicolai ressaltou a meta da Dinamarca de erradicar a emissão de carbono na atmosfera até 2050. Outra meta importante daquele país é abolir por completo a exploração de petróleo e gás natural. Segundo ele, é necessário porém, vencer a ausência de tecnologias de produção de energias renováveis, e para isso, tem buscado a cooperação do governo brasileiro para avançar no marco regulatório para produção de energia eólica em alto mar.

Ele comentou que o acesso as estruturas publicas bem como aos serviços públicos, é totalmente digital, o que, além de agilizar as rotinas administrativas, dificulta os processos de corrupção.

Já o Embaixador da Finlândia, Jouko Leinonem, afirmou que uma das prioridades deles seria desenvolver todas as potencialidades e aperfeiçoar a tecnologia da internet 5G, pois é uma área que ainda tem muito a expandir e certamente irá em muito contribuir com o surgimento de novas tecnologias Bioeconomicas e desenvolvimentistas para o século XXI.

Quanto ao aspecto ecológico, salientou que no inicio da era industrial, o território finlandês contava com apenas 40% de sua cobertura florestal original. Atualmente, com as constantes iniciativas de reflorestamento, a Finlândia conta com 75% de seu território coberto com florestas.

Embaixador da Dinamarca e a Presidente da Abrajinter, Fabiana Ceyhan

Recordou o evento Amazônia In Loco, organizado pela Eurocâmaras Brasil, Câmara de Comércio da Finlândia no Brasil (Finncham Brazil) e Câmara Oficial Espanhola de Comercio no Brasil, que ocorreu em Belém do Pará e foi transmitido para todo o planeta, o qual contou com diversas apresentações, debates, feira de exposição (produtos, serviços e tecnologias) e rodadas de negócios para aproximar empresas do setor com interessados e investidores.

O ponto alto de sua explicação foi a constatação de que os investimentos em politicas publicas de fomento da educação em massa, possibilitou o surgimento de tecnologias para criar soluções ecológicas para mudar e evitar a mudança climática global, pretendendo a emissão ZERO de carbono até 2035.

O Embaixador da Noruega Nils Martin destacou a iniciativa legistativa com a criação de lei para avançar na diminuição da emissão de carbono, com investimentos na ordem de US$ 32 bilhões, sendo que US$ 7 bilhões já foram investidos no Brasil para combater as mudanças climáticas no planeta.

Dentre as ações, está prevista a instituição da transparência no uso dos recursos financeiros; a criação de Commodities do desmatamento; o respeito aos direitos humanos; e a transparência no setor agropecuário Brasileiro.

O encarregado de negócios da Suécia Sten Engdahl fallou a importância da equidade de gênero, destacando que em seu país, dos 23 ministérios, 12 são ocupados por mulheres e o parlamento possui efetiva participação feminina.

Ressaltou ainda o direito do recém-nascido de ter consigo ambos os pais por igual período em seus primeiros meses de vida, o que é denominado por lá como Licença parental, o que se assemelha a nossa licença maternidade.

O almoço foi preparado pelo premiadíssimo Chef Simon Lau, na foto com a Jornalista Marlene Galeazzi.

Texto Wesley Lacerda

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS