GOIÂNIA

Vinhos italianos e brasileiros e combinações gastronômicas

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

 

Salão do Vinho na Embaixada da Itália em Brasília

Como descrever a combinação dos cada vez mais premiados queijos mineiros, um churrasco, uma feijoada, uma pizza brasileira e os vinhos italianos? Poesia para o paladar? Uma simbiose centenária perfeita?

Quinze convidados especiais responderam a essas perguntas no evocativo cenário da Sala Nervi da Embaixada da Itália em Brasília, onde foi realizado, no dia 10 de novembro, o Salão do Vinho Italiano em Brasília.

Doze dos principais importadores e distribuidores apresentaram mais de 150 rótulos de 12 regiões italianas. Foram convidadas pela primeira vez, em caráter experimental, três vinícolas brasileiras de origem italiana (Casa Perini, La Grande Bellezza e Vinicola Cristofori), com vinhos nativos resultantes da experiência familiar de gerações de italianos que se instalaram no Brasil desde a década de 1870 .

“A gastronomia brasileira combina perfeitamente com as sensações extraordinárias produzidas pelos vinhos italianos, assim como os vinhos ítalo-brasileiros, vários de excelência, oferecem harmonizações incríveis com a gastronomia italiana”, destacou o embaixador da Itália, Francesco Azzarello. “Os vinhos italianos e ítalo-brasileiros são complementares, enriquecem os dois países ao mesmo tempo, potencializando os fluxos nos dois sentidos – continua o Embaixador – tudo em um esforço para promover a cultura do vinho no Brasil e sua desejável promoção futura no exterior “. “O único problema dos vinhos no Brasil – concluiu o embaixador – é uma tributação realisticamente penalizadora para todos, com consequências nos preços, em detrimento da possibilidade que um público mais amplo possa desfrutar da bebida do deus Baco”.

LEIA TAMBÉM  Coccidiose prejudica o ganho de peso das aves e o resultado econômico na avicultura de corte

Mais informações sobre os vinhos apresentados e seus distribuidores estão disponíveis neste documento. Para possíveis harmonizações ítalo-brasileiras de comida e vinho, visite o canal do YouTube da Embaixada da Itália em Brasília.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS