GOIÂNIA

São Paulo lança edital para concessão de dois parques estaduais

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
© 20.07.2020/Arquivo/Rovena Rosa/Agência Brasil


O governo de São Paulo lançou ontem (9) um edital para concessão das áreas de visitação dos parques estaduais da Cantareira e Alberto Löfgren, conhecido como Horto Florestal (foto), localizados na zona norte da capital. A proposta prevê a cessão, somente das áreas de uso público, à iniciativa privada por 30 anos.

Segundo o estado, o objetivo é fomentar o ecoturismo na região, com destaque para a visitação ao mirante da Pedra Grande, que fica a mais de mil metros de altitude na Serra da Cantareira, e o desenvolvimento de atividades de lazer, esporte e cultura no Horto Florestal.

Os dois parques são vizinhos e cobrem uma área de aproximadamente 8 mil hectares de Mata Atlântica na Região Metropolitana de São Paulo. A a concessão, no entanto, abrange as áreas de uso público, que representam cerca de 300 hectares.

Ambos são tombados pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico Arqueológico, Artístico e Turístico e pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo e fazem parte da Reserva da Biosfera do Cinturão Verde da Cidade de São Paulo, parte da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica.

LEIA TAMBÉM  PRF prende traficante internacional russo de animais silvestres

Condições

No período da concessão, o vencedor deverá revitalizar, modernizar a estrutura, implantar e diversificar a oferta de serviços, além de gerenciar e fortalecer a conservação das áreas, cumprindo as normas ambientais especificadas em contrato e nos planos de manejos destas unidades de conservação.

De acordo com o governo estadual, as pesquisas, a preservação das áreas e a fiscalização ambiental, continuarão sob a gestão da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (Sima) e da Fundação Florestal. 

A sessão pública de abertura das propostas está agendada para dia 31 de agosto, às 14 horas, na bolsa de valores B3. O critério licitatório será de maior outorga fixa, sendo o valor mínimo de R$ 820.015,09. O contrato será de R$ 56,7 milhões.

Edição: Denise Griesinger

Fonte: EBC Geral

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS