GOIÂNIA

Saúde de Aparecida amplia rastreamento da COVID-19 com mensagens eletrônicas

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

 

Foto: Divulgação e Ênio Medeiros

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Aparecida de Goiânia iniciou, no último 25 de outubro, mais uma estratégia de combate à Covid—19 que amplia o rastreamento dos infectados para conter a disseminação do novo coronavírus. Com a nova modalidade, quem faz o exame RT-PCR para diagnóstico da doença, em qualquer um dos 13 pontos de coleta do município, informa, na triagem, por escrito, o número do telefone celular das pessoas com quem tem ou teve contato recente.

A iniciativa foi elogiada pela comitiva da “Missão Covid-19” da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) que visitou Aparecida, no último dia 27 de outubro, para conhecer as estratégias locais sobre o enfrentamento à pandemia.

Contatos são informados no momento de fazer do o exame RT-PCRMensagem que protege

Dessa forma, em caso de resultado positivo para Covid-19, independentemente da pessoa analisada ter aberto ou não o resultado no site do laboratório, quem teve contato com o infectado é avisado por uma mensagem de texto padronizada, via aplicativo WhatsApp, segura e que preserva o anonimato do informado. A mensagem é enviada em menos de 24h após a liberação do resultado do RT-PCR.

LEIA TAMBÉM  Plataforma de pecuária leiteira apoia produtores a superar desafios da atividade de forma sustentável e lucrativa

O texto enviado informa que o indivíduo deve se isolar, reforçar as medidas de higiene e usar máscara, bem como orienta a realizar uma ligação telefônica, de aparelho fixo ou móvel, para o 0800-646-1490 para receber orientações médicas e agendar um teste para saber se está infectado.

Rastreamento e prevenção

“Com esse reforço no rastreamento que já fazíamos, agora também alertando o mais rápido possível quem teve contato com alguém infectado, podemos deter mais a cadeia do vírus e diminuir a taxa de contágio. Para além de começar a tratar precocemente quem se infectou, queremos impedir novas infecções”, afirma o secretário de Saúde Alessandro Magalhães.

Mais testes, melhor rastreamento

Ao analisar, via encontro virtual realizado no último 30 de outubro, as impressões que tiveram das estratégias adotadas em Aparecida, os profissionais da OPAS destacaram como ponto forte a testagem em massa realizada com o RT-PCR, exame padrão ouro para diagnóstico da Covid-19 e que tem sido amplamente realizado no município desde abril.

A representante da OPAS Fabiana Barine frisou que “dentre os municípios que visitei, com certeza vocês foram um dos mais fortes no enfrentamento à pandemia, principalmente tendo a testagem como aliada”. Nesse sentido, a SMS utiliza o rastreamento de contatos como peça fundamental para, a partir do exame e do diagnóstico da doença, evitar que o vírus se espalhe descontroladamente.

LEIA TAMBÉM  Coccidiose prejudica o ganho de peso das aves e o resultado econômico na avicultura de corte

Pacientes com suspeita de contaminação realizam o RT-PCRQuem são os contactantes?

Segundo a coordenação de Gestão e Inovação em Saúde da SMS, esse rastreamento é essencial na atual fase da pandemia e foi detalhadamente planejado para ser um modelo viável para Aparecida de Goiânia. Para definir os critérios de quem são os contactantes a serem informados, a SMS usa a definição da Organização Mundial da Saúde (OMS): contato a menos de dois metros de distância por no mínimo 15 minutos.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS